sábado, 21 de abril de 2007

Skate, Cimento, areia, fita e união

O que dá essa mistura?
Dá a realização de um mutirão em prol da Pista de Skate da Paulicéia em São Bernardo do Campo. Situada na Praça Benedito de Almeida Machado, na Rua Dráusio, altura do número 400, o evento realizado pela Ong Skate Solidário, uniu não só skatistas da área como praticantes advindos de outros bairros de São Bernardo, como a galera do bairro Rudge Ramos, por exemplo. Orientados pelo skatista “Chefe de Obras” Gilberto Cossia, o “Giba”, todos colaboraram para tapar os buracos que dificultavam o rolê no local, trabalhando na preparação do cimento, limpeza e acabamento da “obra”. Com apoio do Juventude Cidadã, que cedeu o material para a Ong, o grupo pode não só tapar os vários buracos que atrapalhavam as sessions, como também fortalecer a união entre os skatistas da cidade.
Este foi o primeiro mutirão que realizamos, futuramente levaremos essa atitude para outros picos da cidade, sempre no intuito de melhorar as condições dos lugares, ensinar sobre outras formas de se trabalhar com o skate e realizar a integração dos skatistas da região...” diz Marcelo “Índio”, diretor da Organização.
Para comemorar mais essa atitude do skate, será realizado um evento no local em data a ser divulgada futuramente aqui no site, fique ligado.
A fita ?
Está lá, zebrada de amarelo e preto, zelando para que o cimento seque e a população possa contar com mais um local para prática de esporte e lazer!

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

Pista PaulicéiaPista Paulicéia

sexta-feira, 20 de abril de 2007

Passeio Skatístico

A Ong Skate Solidário realizou um passeio entre as pistas da Imigrantes e da Saúde, situadas na Grande São Paulo, nessa última Sexta, 20/04.

A Ong levou um grupo de skatistas de São Bernardo pra conhecerem esses dois picos, que até então tinham apenas passado na frente ou visto em alguma matéria das revistas especializadas.

O grupo teve a oportunidade conhecer e poder curtir uma session nesses picos, que, com certeza, empolgaram os participantes que mandavam uma manobra atrás da outra com firmeza e muita vontade.

Outro fator que foi relevante para o sucesso da session foi a receptividade dos locais da pista da Saúde, que mostraram os caminhos das pedras para as melhores linhas no pico, sem falar nos All rides insanos do local Dexter, no melhor estilo skate punk.

Todos puderam se divertir e fazer que amam: Andar de Skate. Para nós da Ong ficou registrado que, com o incentivo certo, não só essa galera, mas todo praticante, pode sim se desenvolver e fazer seu rolê com responsa e sossego, independente de ser um profissional ou não, apenas ir fazer o que o esporte dá de melhor: Sessions com os amigos!

A Ong realizará mais desses passeios, todos em datas previamente divulgadas no site, fiquem atentos!

É o Skate Solidário fazendo pelo esporte e seus praticantes.



passeiopasseio

passeiopasseio

passeiopasseio

passeiopasseio

passeiopasseio

quinta-feira, 19 de abril de 2007

OSKS no Jornal Rudge Ramos

Os estudantes de Jornalismo do 3º semestre da Universidade Metodista, Ana Carolina, Aline e Fábio compareceram na sede da OSKS dia 19/04/07 para realizar matéria sobre a história do skate e a ONG Organização Skate Solidário a ser publicado em breve no Jornal Rudge Ramos. A entrevista com Marcelo “Índio” foi realizada num clima bem descontraído, onde os futuros jornalistas puderam obter informações relevantes e aprender mais a fundo a história do esporte e conhecer a OSKS.

EntrevistaEntrevista

EntrevistaEntrevista

EntrevistaEntrevista

EntrevistaEntrevista

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Skate x Combustível

Quem passa pela Avenida Senador Vergueiro com a rua Afonsina vê uma aglomeração de carros formando fila no posto que se situa ali. Seria um aumento no preço da gasolina? Alguma medida nova do pró-alcool? Atendentes gostosas? Nem...trata-se de um posto abandonado onde skatistas locais tem a oportunidade de poder usar o espaço por entre os carros (chão de posto é sempre lindo!) para armarem sua sessions diárias, usando obstáculos criados e produzidos por eles mesmos. Atitude skate! Faça você mesmo! Go for it! Skate não pára, se hoje é assim, imaginem então depois da pista de SBC inaugurada!!!!!!

SkateSkate

SkateSkate

SkateSkate

SkateSkate

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Skate Solidário (@skatesolidario)